Vai reformar? Programe-se!


A batalha a procura da casa ou do apê continua e minha ansiedade fica cada vez maior pelo receio que tenho de não ter tempo suficiente para reformar da maneira que eu quero. Como sei que a probabilidade de comprarmos um imóvel usado é quase 99% maior que um novo, já calculo que teremos que fazer obras.

O combinado com o noivo é deixarmos o quarto e a cozinha redondinhos, pintados, reformados e decorados do jeito que imaginamos que queremos (essa imaginação fica mais por minha conta). O restante fica para depois para não pesar tanto no orçamento. Então é melhor que ultrapassemos a etapa compra do imóvel o quanto antes (lembrei que vi um post ótimo sobre a aquisição da casa através da CEF no blog Casando sem Grana).

Enquanto essa fase não passa vou lendo e aprendendo tudo que posso para otimizar tempo, fazer as escolhas certas na reforma e o melhor não perder dinheiro com decisões erradas na hora de escolher o profissional. Uma dessas fontes inspiradoras é o Curso de Decoração da Casa Cláudia.
A primeira lição é sobre o planejamento e a importância de contratar um profissional gabaritado para a realização desse processo. Você pode estar dizendo que isso sai mais caro. Eu já acredito que não adianta pagar barato em determinada coisa e isso sair mais caro depois. Uma obra mal feita acaba gerando gastos em dobro. Contratar um profissional é a certeza de que ele saberá aproveitar melhor cada espaço e viabilizar as ideias que você tem. Achei legal quando Débora Aguiar, a arquiteta responsável pela aula, afirma que é necessário ter uma empatia entre você a pessoa que você decidir contratar, afinal a casa deve parecer mais com o dono do que com o arquiteto.

Outro detalhe, que não esquecerei jamais quando for começar minhas obras, é a importância de um cronograma, para evitar maiores dores de cabeça. No documento deve ter todas as datas da reforma, principalmente, da conclusão dela. Além de listar o investimento que será feito com cada item, como cimento, revestimentos, tinta... Não esqueça de pesquisar os materiais de construção, a escolha certa pode fazer diferença no bolso e o dinheiro que você conseguir economizar pode ser investido na decoração após a obra ficar pronta (não vejo a hora de compartilhar com vocês essa fase do futuro lar).

Resumindo: estou adorando o curso da Casa Cláudia e indico para todos. É só se cadastrar, o curso é gratuito.

5 comentários:

Casando Sem Grana disse...

Hahaha acabei de comentar abaixo e quando atualizou achei o nome do nosso blog na nova postagem, hahaha. Logo: Obrigada novamente pela presença lá Ana ^^

Ps: Já te linkei

Beijos

V a n e s s a E M a r c o s disse...

Ana, eu tava assim também, mas no nosso caso nós vamos alugar (vimos mais vantagens pro nosso perfil) e também teremos obras. Lá no blog da Sammia vi esse curso e tbm já comecei. É super bom!

Um beijo

Ana Paula Almeida disse...

Vanessa, pois é...a opção do aluguel ainda não foi descartada, mas será em último caso. Meu noivo tem certos traumas de aluguel, por experiência de seus pais. Mas o importante é termos nosso cantinho né! Aff...não vejo a hora! Adorei a visita! bjo

neto disse...

Marcelo,bom dia eu adora qdo o Luciano,e dia Lar doce Lar,pois eu o Admiro muito,com muita criatividades vc transforma as residençias isso e dom de Deus,sabe nos temos uma casa de 55 anos,queria reforma-la mas tenho pouco dinheiro,pois sou aposentado c/ l sal.e minha mãe pens.c/ alzaimer,aj escrevi p/ Ruch, ainda não fui sorteado de uma olhada Birigui-Neto Pontes

Ana Paula Almeida disse...

Neto...aqui não é o blog do Marcelo Rosebaum. O dele é http://www.rosenbaum.com.br. Boa sorte com a sua casa!

Related Posts with Thumbnails
top