Na estante

Ontem foi feriado aqui na terrinha do calor! Dia de São José para a gente é esperança de chuva e existe a crença que é um dia sagrado para determinar se teremos ou não inverno no Nordeste. Ironia ou não do destino estávamos enfrentando um calor insuportável, daqueles que você sai do banho suado! Aliás o banho acaba virando sauna. Pois ontem eis que a chuva de São José apareceu para dá aquela refrescada. Feriado com chuva é tudo de bom!

Aproveitando o feriado fui arrumar os livros que tenho, meio já em estilo de mudança. Achei tão divertido separar todos e encaixotá-los. Fiquei na sensação de está chegando a hora...de ir para minha casinha! Pode parecer exagero, mas sonho com isso a cada instante. E dentre os sonhos, as leitoras que acompanham o Home desde o começo sabem da minha vontade de montar uma biblioteca particular! Piro o cabeção com estantes e a seção "Na estante" está me ajudando e muito a criar disciplina para conseguir um tempinho, mesmo que dez minutos para uma leitura diária. Ano passado, mesmo amando ler, acabei sempre deixando para depois as minhas horinhas de leitura. E acabou o ano e não li metade do que eu queria ter lido!

Esse ano o meu vício de comprar livros (que é maior do que comprar roupas) teve que ser controlado, afinal vocês sabem que não estou podendo gastar muito para investir no sonho da minha casa e do casamento. Então estou aproveitando para colocar em dia a lista de livros que comprei ano passado. Agora existe um que, infelizmente, nunca acho disponível para venda, mas queria muuuuuuuuuuito (muito mesmo) ter na minha futura estante: "Ayrton - um herói revelado". Compraria ele na hora! E fico arrasada com a possibilidade de não ter mais ele para vender. Entrei em contato com a editora Objetiva, e é esperar para ver!

Enquanto não compro esse livro! Vou para o livro da vez da sessão "Na estante": A cor no processo criativo, de Lilian Ried Miller Barros. A obra é resultado de uma pesquisa no curso de pós-graduação da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo.

  • Autora: Lilian Ried Miller Barros
  • Publicação: 2009
  • Editora: Senac São Paulo
  • ISBN: 9788573598773
  • Páginas: 336
Resenha (fonte: Submarino): O livro faz uma análise sobre uma das mais respeitadas escolas de artes do mundo a partir do legado deixado pela Bauhaus. A autora avalia a metodologia didática de grandes mestres como Paul Klee, Josef Albers, Johannes Itten e Wassily Kandinsky, além da marcante influência da obra Doutrina das Cores de Goethe sobre a escola.

7 comentários:

Ivonete disse...

Ola Ana Paula !
Parabéns menina pela paixâo pelos livros ! Já li muito, quando jovem, depois veio os filhos a casa, o trabalho etc... tinha uma coleção muito grande de livros meus é de meu marido, ai começa livros dos filhos e chegou ao ponto que tive de me desfazer de quase todos, doei a blibioteca de duas escolas, mas mesmo assim ainda tenho um número considerável. E vamos brindar a chuva!
Beijocas!!!

Carmen ACHADOS DE DECORAÇÃO disse...

Ana, esse livro é fantástico. A leitura não é muito simples, pois como é a transcrição da dissertação da Lilian, ficou um pouco complexo, mas vale a pena para quem quer entender sobre COR. Eu conheço a Lilian e já fiz alguns cursos com ela; também vale a pena!!! bjs

Érika Aragão disse...

Eu tô muito afim de ler esse livro.
Falando em cores, olha lá o post dos relógios.

Beijos!

Viviane disse...

Oi Ana,
imagino a sensação que você tem ao começar a juntar as suas coisas para levar para sua casa. E esse deve ser um ótimo livro.
Beijos!!!

Fê Dutra disse...

Olá Ana!
quanto tempo. Ainda lembra de mim?
Nossa que super coincidência, você com seus livros aí e eu com os meus aqui. Só que no caso dos meus tô fazendo um balançco de empréstimos, pois é um tal de emprestar livros e nunca mais a gente o vê de novo. Aí resolvi criar uma lista, dos que tenho e pra quem empresto. A pergunta, que fica no ar é: será que vou conseguir levar a lista pra frete? Eis a dúvida.
Sucesso aí na sua leitura.
beijos e bons sonhos com o novo lar.

Fernanda de Oliveira disse...

Oi querida, que bom que gostou do meu quintal e do meu quantinho, eu adoro!

Seria maravilhoso se nós duas pudéssemos sentar ali, tomar uma cervejinha beeeeem gelada e ficar horas batendo papo... eu iria amar!

Se um dia vc vier pra São Paulo e não vir me visitar, ficarei de mal pra sempre viu! rs

Beijoca =]

Dona Amélia disse...

Menina, eu já tenho uma pequena biblioteca, e o Marido já chora quando pensa que terá que carregar pelo menos 4 caixas de livros qdo formos nos mudar. rs
Eu amo ler e gasto sempre mais com livros do que com roupas.. rs

Bjocas

Paty

Related Posts with Thumbnails
top