Alerta!

O assunto hoje é um pouco sério! Ironia já que dia de domingo tudo que a gente menos quer é se estressar com alguma coisa! Não sei se já contei para vocês como faço para selecionar os temas abordados diariamente aqui no blog. Bom...eu uso o Google Reader para elencar sites/blogs que gosto de acompanhar e assim também ver o que pode ser pauta aqui ou não. Tudo que eu gosto e que acho que posso fazer um desdobramento do assunto eu envio diretamente do Google Reader  para o e-mail e uso o marcador "Pauta" para destacar dos outros e-mails. Muitas vezes eu acabo até esquecendo algumas coisas que há tempos eu tinha demarcado. O tema de hoje é um desses assuntos antigos, mas que não perde o sentido de ser abordado.

Em dezembro do ano passado fiquei assustada com um dado que vi no Jornal Nacional sobre o índice de crianças dos EUA que morrem, por ano, vítimas das cordas de cortinas. Isso mesmo que você leu, aquelas cortinas lindas e maravilhosas da sua casa podem ser um risco para seus filhos. Na época corri para salvar a notícia e trazer o tema para o debate aqui no blog. Antes tarde do que nunca!

Muitas vezes nos preocupamos com a possibilidade da criança cair da janela e nos esquecemos que essas cordas também podem oferecer risco. Robert e Susan, acreditavam que seu bebê de 1 ano e 6 meses, Collier, estava dormindo, quando foram surpreendidos por um grito. O menino se enroscou e estava com a corda enrolada no pescoço. Foi apenas um susto!

Segundo dados do governo americano, as cordinhas usadas para suspender persianas e cortinas provocam, em média, a morte de dez crianças por ano nos Estados Unidos. A dica da Comissão de Proteção ao Consumidor Americano é deixar berços e camas de crianças longe das cortinas e manter as cordinha presa fora de seu alcance. 

Decoração não é para rimar com preocupação! E vocês já presenciaram algum acidente doméstico em casa relacionado com crianças? Compartilhe com a gente para que possamos evitar em outros lares!

9 comentários:

Viviane disse...

Oi Ana Paula,
ótimo esse alerta! Sinceramente não sabia desse dado. Nem imaginamos que isso acontece com uma corda de cortina, as crianças são muito curiosas e é necessário estar atento a tudo que pode ser um perigo.
Beijos!!!

Rita Vieira disse...

Amiguinha...que coisa horrorosa! nunca imaginaria...tanto tempo que não tem crianças na minha família, que eu vou ter que aprender a ter esse olhar de se antecipar ao perigo e evitá-los, quando chegar a minha hora de ter um baby.

Um beijo, lindinha!

Andressa disse...

Nossa!!! ótimo alerta, eu nunca iria pensar nisso.

Tamy disse...

Muito importante o seu alerta... na casa antiga da minha mãe o problema era a porta da cozinha que era totalmente de vidro e meu sobrinho com 4 anos escorregou na cozinha e bateu com a cabeça na porta quevrando o vidro. Sua cabeça ficou presa no vidro. miha irmã quando chegou para acudir ficou sem ação, pois a quantidade de sague era tanta que ela achava que o filho tinha morrido. Graças a Deus ele teve apenas um corte sobre a sombrancelha e nada mais. E grças a Deus tbm, minha mãe se mudou daquela casa!!!! Beijos

Fernanda de Oliveira disse...

Muito importante este post, pois os acidentes domésticos são mais frequentes e chocantes do que a gente imagina né.

Tô com saudades de vc menina, mas confesso que a sumidona sou eu rsr

Beijo beeeeem grande =]

Rafaela Fajardo disse...

Oi Aninha,
Eu sempre tomo muitooo cuidado com as cordinhas das persianas do quarto dos meninos!
Parabens pelo post!Muito importante esse alerta!!
Bitocas amiga

Priscila disse...

Olá Ana, nunca imaginei isso, ótimo esse alerta!
Bjs....

deise disse...

Oiii!! achei bem interessante esse post, vale a pena dar a dica de ao invés de usar as cordinhas que só se enroscam, atrapalham e ainda por cima causam acidentes, usar os bastões de acrílico tb para abrir e fechar a cortina, não so no controle de luz delas!! encarece o produto, mas voces viram que vale a pena!!

byeee!
deise - arquitetando ideias
www.arquitetadeisesoares.blogspot.com

Letticiae Bittencourt disse...

Ai, que horror! Eu nunca tinha ouvido falar nisso. É algo para lembrar quando tivermos nossos filhos...

Related Posts with Thumbnails
top